Resfriamento De Sistemas De Ti Com Líquidos Refrigerantes Naturais

A cidade de Innsbruck, nos Alpes austríacos, se beneficia há muito tempo da água cristalina que brota das profundezas das montanhas ao seu redor. Essa água pode ser apreciada nos diversos bebedouros públicos da cidade, sendo também fornecida a muitas residências. O sistema conta com uma rede sofisticada de túneis e tanques.

Recentemente, a IKB, empresa local de infraestrutura, decidiu reutilizar um tanque subterrâneo em desuso na rede, instalando um data center no espaço vazio. “O antigo tanque foi construído com paredes de concreto de um metro de espessura, e o plano consistiu em usá-lo para os servidores e depois construir outro edifício para o equipamento de resfriamento e os sistemas de controle”, diz Alexander Streit, sócio-gerente da empresa de construção Streit-TGA. A empresa, sediada em Holzkirchen, a 30 km ao sul de Munique, Alemanha, foi contratada para abastecer toda a planta de resfriamento. Por ser especializada em construção modular, a planta foi pré-fabricada na sede dessa empresa, sendo depois transportada em partes separadas em uma viagem de duas horas até Innsbruck.

Em matéria de refrigeração, a Streit-TGA é pioneira no segmento de design e construção, decidindo, em 2020, usar apenas líquidos refrigerantes naturais nos seus sistemas de refrigeração.

“USAR LÍQUIDOS REFRIGERANTES NATURAIS REALMENTE FAZ SENTIDO. ALÉM DOS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS, PODEMOS ALCANÇAR O MESMO OBJETIVO NOS NOSSOS PROJETOS, MAS COM MAIOR EFICIÊNCIA E MENOS CUSTOS PARA OS NOSSOS CLIENTES.”
ALEXANDER STREIT SÓCIO-GERENTE, STREIT-TGA

Streit acredita que a estratégia gerou para sua empresa um diferencial importante de pioneirismo no mercado. “Acho que os fornecedores que não nos acompanharem terão problemas nos próximos anos, pois cada vez mais, os clientes estão exigindo soluções naturais”, diz ele. “E existem dois motivos para isso. O primeiro é que eles estão cada vez mais centrados na responsabilidade ambiental. O segundo é que os custos de acompanhamento ao utilizar líquidos refrigerantes naturais são muito mais baixos que os dos sintéticos.”

Uma das áreas de especialização da Streit-TGA é a construção de data centers, focando principalmente nas soluções de baixo consumo de energia. “Por essa razão, para nós é muito importante usar componentes com a maior eficiência possível”, diz Streit.

Case study data centre austria contentjpg

Os data centers geram uma enorme quantidade de calor, sendo essencial manter as instalações em uma temperatura ideal 24 horas por dia, 7 dias por semana, para evitar que os equipamentos essenciais de TI se superaqueçam, causando um tempo de inatividade oneroso. Portanto, é imprescindível contar com um sistema de resfriamento de alta qualidade. Contudo, ele também precisa ser eficiente: economizar energia não é apenas uma preocupação ecológica para os gerentes dos data centers – isso tem um impacto significativo na lucratividade.

Para avaliar qual sistema de resfriamento seria mais eficaz no data center de Innsbruck e como ele poderia operar com a máxima eficiência, a Streit-TGA se beneficiou do myGPC, configurador de produtos da Güntner, que está disponível no portal do cliente on-line myGüntner. Ele é capaz de identificar o sistema de resfriamento ideal para qualquer situação. De forma rápida e confiável, o software faz um cálculo termodinâmico e fornece uma proposta com base em diversos parâmetros, como o líquido refrigerante desejado, umidade do ambiente e temperaturas do evaporador e do condensador. O ruído também foi um fator considerado nesse caso, pois havia residências nas proximidades.

A melhor solução encontrada foram dois Dry Coolers V-shape VARIO da Güntner, que utilizam propano como líquido refrigerante. O sistema ecologicamente correto, operado por meio de um controlador inteligente GMMnext, oferece alta eficiência energética e baixo nível ruído, além de ocupar pouco espaço. Além disso, o myGPC foi utilizado para determinar os diferentes pontos de operação e as funções de carga parcial do sistema, garantindo a máxima eficiência e economia de recursos. “A razão pela qual utilizamos um sistema de resfriamento da Güntner nesse caso foi porque ele oferecia o menor consumo de energia possível”, diz Streit. “E oferecia também a opção de líquidos refrigerantes naturais.”

“ESSE PROJETO FOI UM VERDADEIRO DESAFIO, POIS ALÉM DE SER TECNICAMENTE COMPLEXO, TAMBÉM EXIGIU UM BAIXO CONSUMO DE ENERGIA. MAS, AO TRABALHARMOS EM CONJUNTO COM NOSSO CLIENTE, ENCONTRAMOS A SOLUÇÃO MELHOR E MAIS ECOLÓGICA.”
WOLFGANG ULRICH ENGENHEIRO TÉCNICO DE VENDAS, GÜNTNER